Dificuldades de vender pela internet - Ads Consultor

Dificuldades de vender pela internet

Quais são os comportamentos das empresas que podem gerar dificuldades de vender pela internet?

Quer saber mais sobre isso e como resolver? Então vamos lá…

Vender pela internet é muito fácil, certo? Na verdade, a melhor resposta é depende. Afinal, uma estratégia tem papel crucial nos resultados que os empreendedores  podem alcançar ao investir na rede mundial de computadores.

Muitos empresários têm a ilusão de que basta criar uma loja online e as vendas irão decolar, mas a realidade mostra que isso está longe de ser uma regra inviolável.

Caso a loja virtual não adote boas práticas, as chances são grandes de os números serem decepcionantes.

Neste artigo, vou destacar diversos fatores que provocam dificuldades para os empresários alcançarem as metas ao vender pela internet.

Confira!

Dificuldades de vender pela internet

#1 – Desconhecer as necessidades do público:

O que faria a sua audiência entrar em uma sua loja virtual?

Se você não sabe responder a essa pergunta, está em maus lençóis, com certeza.

É fundamental que haja um planejamento sobre como serão distribuídas as ofertas no seu e-commerce.

dificuldades de vender pela internet

Para as promoções atingirem a performance prevista, é essencial que envolvam o público-alvo de maneira inteligente.

Em outras palavras, as ofertas devem, ao mesmo tempo, serem benéficas para os consumidores em termos práticos e financeiros.

Mas, para essa ação ser executada com maestria, o empreendedor precisa de informações sobre o comportamento e as tendências dos consumidores.

Com o apoio de uma consultoria, podem ser feitos investimentos em sistemas, analisar o comportamento dos clientes e da concorrência, e usar as famosas pesquisas de opinião, cujos questionários podem ser enviados até pelo WhatsApp.

Montar uma estratégia de vendas com base apenas na experiência é um risco muito grande de jogar dinheiro fora.

Informação de qualidade é peça-chave para atingir um desempenho notável, pois é a melhor alternativa para conhecer as necessidades do seu público.

#2 – Dificuldades de vender pela internet – Ignorar a questão da usabilidade:

A partir do momento em que tem dados sobre a postura dos seus consumidores, é possível, ao mesmo tempo, oferecer um atendimento personalizado e segmentar os clientes em grupos de interesse.

Assim, é viável fazer promoções que chamem o público para a sua loja virtual. Por outro lado, há um problema grave no site: a usabilidade é muito ruim principalmente para os dispositivos móveis (smartphones, tablets etc.).

A usabilidade consiste na facilidade em disponibilizar todos os recursos de forma rápida para a sua audiência em todas as plataformas.

Ou seja, o internauta terá facilidade de encontrar uma oferta com facilidade acessando a loja virtual por um desktop ou por um celular.

Por falta de conhecimento, muitos empreendedores simplesmente não levam em consideração a usabilidade como fator imprescindível para vender pela internet, isso é um erro grave e que deve ser evitado ao máximo.

Ficar 10 segundos esperando para um site abrir em um smartphone é uma verdadeira eternidade para os clientes, principalmente, os mais jovens.

Caso realmente seja válido a sua empresa ter um site para vender pela internet, tenha bastante cuidado com a usabilidade.

Os internautas estão cada vez mais impacientes e não querem ficar vários segundos para identificar uma boa oferta.

Ao optar por um site, pense, com carinho, na possibilidade de contar o suporte de uma consultoria para adotar as melhores práticas do mercado, com foco em deixar o website atraente para a sua audiência.

#3 – Querer dar um passo com base na emoção

O mundo do empreendedorismo não é definitivamente para amadores.

Ou seja, fazer as ações por impulso, sem a devida análise, é um equívoco que pode causar consequências irreversíveis para o seu negócio.

Por exemplo, uma loja de roupas para todos os públicos resolve apostar em um website, mas não fez uma avaliação de como essa iniciativa realmente vai impactar de forma positiva no negócio.

Também não verificou como os produtos podem ser disponibilizados no site para atrair a audiência.

Em outras palavras, não fez um estudo da ordem ideal das mercadorias para ofertá-las ao público-alvo.

Assim, ele simplesmente, lançou um site com a esperança de ampliar o alcance, acreditando que a iniciativa por si só daria resultados excelentes. Essa postura seria facilmente modificada, caso o empreendedor optasse por uma consultoria de marketing.

Esse serviço ajudaria avaliar se realmente vale a pena ou não a empresa ter um site, afinal, é preciso considerar se existe uma demanda considerável para abrir uma loja virtual, além disso, verificaria mais alternativas para vender pela internet (redes sociais, WhatsApp etc.).

O mundo digital está cada vez mais presente em nossas vidas, mas isso não dá o direito de fazer investimentos com base na emoção, sem nenhuma estratégia inteligente de vendas.

#4 – Dificuldades de vender pela internet – Ignorar outros caminhos:

Só porque as grandes lojas do mercado conseguem um desempenho notável ao apostar em um site não significa que qualquer empreendedor deve seguir o mesmo caminho.

É um erro bastante comum de avaliação de mercado adotado por empreendedores de menor porte.

Dependendo da situação, um site pode gerar muito mais custos do que receita para o seu negócio, já pensou nisso antes?

Para manter uma página no ar, é necessário investir em serviços de hospedagem, webdesigner e de outros profissionais.

Caso a demanda seja baixa, o site da sua empresa vai ser apenas um folder virtual e, se o conteúdo não for atrativo para a sua audiência, pode até prejudicar as vendas.

Em outras palavras, o investimento vai proporcionar prejuízos financeiros e até de imagem.

Para abrir a mente em busca de outros caminhos, vale a pena contar o apoio de uma consultoria de marketing digital. Um dos motivos é que esse trabalho propicia fazer uma análise dos meios mais adequados para a sua marca interagir com a audiência.

Criar uma canal de contato pelo WhatsApp, por exemplo, pode ser muito mais vantajoso para o seu negócio do que investir pesado em um website.

Um dos motivos é que o aplicativo de mensagens permite um contato mais personalizado e direto com o seu público.

Além do mais, ele contribui para você criar conteúdos de qualidade sem precisar de designers e copywriters.

Dessa forma, o empreendedor atinge os clientes de maneira mais impactante, sem gastar muito dinheiro. Isso é fundamental para ter um retorno do investimento e manter o seu negócio ativo.

O empreendedor deve trabalhar com bom senso, principalmente em um cenário em que a imprevisibilidade é a principal certeza. Essa postura se torna mais fácil de ser adotada com o suporte de um consultor.

#5 – Desprezar o potencial do atendimento omnichannel:

Se você considera que a tradicional comunicação boca a boca e o uso de veículos tradicionais são suficientes para divulgar a sua marca é melhor tomar muito cuidado para não perder espaço no mercado.

Não reconhecer o potencial do atendimento omnichannel, em que uma marca usa vários canais para interagir com o público, é um erro gravíssimo.

Não adianta ter um site ou um número no WhatsApp para tirar dúvidas e fazer encomendas de produtos e serviços, caso não haja uma uniformidade no tratamento dos clientes.

Uma loja de cosméticos, por exemplo, tem uma boa parceria com os consumidores no ambiente presencial, contudo, não responde às dúvidas a audiência, com rapidez pelo site ou WhatsApp.

Outro equívoco lamentável é agir de forma grosseira com a audiência nos meios digitais, ignorando a necessidade de haver uma uniformidade no tratamento com os usuários em todos os canais de comunicação.

Uma maneira inteligente de evitar que essa situação ocorra é por meio de uma consultoria de marketing, pois ela vai ajudá-lo a traçar maneiras de como responder aos questionamentos mais frequentes, além de reforçar o foco em um tratamento de alto nível em todos os meios de contato da marca com o público.

Não pensar na comodidade que os meios digitais proporcionam para as pessoas é falta de bom senso e de visão de mercado.

O atendimento omnichannel é uma opção válida para vender pela internet de forma sustentável e positiva para o seu negócio.

A adoção de vários canais deixou de ser uma inovação e passou a ser algo obrigatório para empresas que desejam ser reconhecidas pela qualidade dos serviços prestados.

#6 – Dificuldades de vender pela internet – Vencer o medo de vender pela internet:

A HeroSpark realizou um estudo para levantar as dificuldades mais comuns enfrentadas pelos empreendedores no meio digital.

De a acordo com a pesquisa, a dificuldade de vender é o maior temor dos mais de 500 empresários entrevistados.

Publicada na Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios, o medo de vender fica bem à frente do segundo obstáculo para elevar os lucros: a falta de condições para investir.

O isolamento social, em virtude da pandemia do coronavírus, obriga os empresários a olhar para o marketing digital de maneira muito mais estratégica do que antes.

Ficar esperando a situação se normalizar, diante de um cenário de elevada imprevisibilidade, é um equívoco que deve ser evitado com urgência.

É fundamental buscar meios de alcançar a audiência de maneira rápida, inteligente e criativa, do contrário, o empresário terá apenas uma opção: fechar as portas.

Para evitar que isso aconteça, é preciso apostar em todos os recursos viáveis para vender pela internet de forma segura e prática.

É possível vencer essa crise, desde que haja força de vontade e disposição para enfrentar esse momento de dificuldade. Uma consultoria de marketing pode ajudá-lo perfeitamente a traçar ações efetivas para as vendas crescerem, mesmo em uma conjuntura desfavorável.

Se você está em busca de soluções práticas, entre em contato conosco. Estamos à disposição para ajudar o seu negócio a vender pela internet cada vez mais!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Posts relacionados

× Como posso te ajudar?